icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
17:51

Diego Maradona, maior ídolo do futebol argentino e um dos maiores nomes de todos os tempos no esporte, passou por uma situação desagradável. Segundo o próprio Maradona em entrevista ao canal argentino "TyC Sports" por simples má vontade dos organizadores do evento.

- Não me deixavam entrar por nenhum lado. Uma coisa é não poder, outra coisa é quando não te deixam. Quando há boa fé, te deixam entrar; quando há má fé, pode esquecer e voltar ao hotel, como nós fizemos - declarou o ex jogador, em entrevista à emissora argentina.

El Pibe garantiu que possuia o credenciamento de imprensa devido à seu trabalho como comentarista no programa "De zurda" transmitido por uma emissora venezuelana, e mesmo com a credecial não conseguiu entrar no Maracanã para acompanhar a vitória de Messi e cia sobre a Bósnia.

Maradona disse ainda que teve que voltar ao hotel em companhia de seu filho Diego Fernando, de apenas um ano, para assistir o jogo pela televisão.
Ex-treinador da seleção argentina na última Copa do Mundo, realizada na África do Sul, Maradona declarou que queria se encontrar com os jogadores para desejar-lhes boa sorte.