icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/04/2014
13:35

A decisão ainda não está tomada. O Internacional não definiu se irá ou não jogar no Estádio Beira-Rio o Gre-Nal do próximo domingo, que decide o Gauchão. Mesmo após a reabertura, há chance do jogo não ser realizado na casa colorada. A Brigada Militar está preocupada com o entorno do local e com a segurança da torcida visitante.

As obras de pavimentação ainda não estão concretizadas. Há também a parte da prefeitura, que nem foi iniciada. Há muito entulho no terreno do Beira-Rio, o que poderia virar arma em confrontos de torcidas. A polícia militar precisa analisar a situação para dar segurança aos 1,5 mil gremistas que teriam acesso à casa colorada.

- Há chance de não se liberar o estádio por questões de segurança. Tem muito entulho, muito material de construção. Ainda não apresenta totais condições - destacou o coronel Silanus Melo, em entrevista para a Rádio Gaúcha.

A ideia era definir o local nesta terça-feira, mas a decisão pode acontecer apenas na quinta. Além de o Inter ter de apresentar documentos de laudos, Corpo de Bombeiros e Brigada Militar terão de fazer mais uma vistoria no estádio para liberá-lo.

- Teremos que ver se haverá condições de isolar os gremistas presentes, se será possível removê-los. Tudo isso 'in loco', com a direção do Inter - comentou o coronel.

A opção para o Inter é jogar no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, casa colorada em 2013, durante o Brasileirão. O