icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/03/2014
09:14

Foram longos dias de trabalho, cerca de dez quilos perdidos, boas atuações com direito a três gols e uma assistência. Sempre saindo do banco de reservas, Walter caiu nas graças da torcida tricolor e, com a ausência de Fred, que servirá à Seleção Brasileira em amistoso contra a África do Sul, finalmente terá a oportunidade de iniciar uma partida como titular. O atacante comanda o time contra o Friburguense, nesta quarta, às 19h30, no Maracanã, jogo que terá transmissão em tempo real do LANCE!Net.

– Estou preparado, adaptado ao Rio de Janeiro, confiante e pronto para jogar. Sei que é uma grande responsabilidade substituir o Fred. Não será um jogo fácil, mas todos os jogadores aqui dentro sabem que precisam ganhar. É uma partida dentro de casa e os três pontos são fundamentais para ficarmos perto da classificação para a semifinal – afirmou o centroavante.

E MAIS
> Wellington Silva e Diguinho se desentendem no rachão e Renato acaba treino do Flu
> Renato Gaúcho comanda treino tático e indica Walter como titular
> Felipão dá aval para que Fred jogue o máximo possível pelo Flu até a Copa

L!TV:
> Wellington Silva e Diguinho se desentendem em treino

Não foi fácil chegar até aqui. A contratação de Walter foi uma longa novela que envolveu um anúncio precipitado por parte do Fluminense e muitas dúvidas. Quase no fim da pré-temporada tricolor, em Mangaratiba, foi sacramentada a negociação. Acima do peso, o jogador teve de treinar sozinho nas Laranjeiras e sofreu.

– O mais difícil foi treinar sozinho. Ainda teve essa adaptação ao Rio de Janeiro, uma cidade diferente, que não estava acostumado. Sou muito caseiro. Sofri um pouco, mas tive a ajuda do grupo e do Renato Gaúcho. Todo mundo é muito unido e isso fez toda a diferença para que conseguisse superar essa fase e agora poder começar uma partida.

Passadas tantas dificuldades, agora é hora de Walter voltar a se divertir em campo. Uma prévia do talento dele a torcida tricolor já teve, entretanto, aguardava mesmo era o primeiro jogo como titular do grande reforço do ano. Será que ele vai deitar e rolar?