icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/02/2015
19:39

Com seis gols marcados em cinco partidas do Campeonato Paulista, o ataque do Santos "precisa melhorar", segundo avaliação do técnico Enderson Moreira. Apesar de notar evolução da equipe na vitória deste sábado, por 1 a 0, sobre o São Bernardo, e elogiar o desempenho defensivo do Peixe, o treinador acredita que é necessário finalizar melhor para resolver as partidas sem sustos. No Primeiro de Maio, o Peixe finalizou 15 vezes e errou 11.

- Mesmo jogando contra uma bela equipe, bem montada, com bons valores, nós conseguimos impor nosso ritmo e correr atrás do resultado. A questão da finalização é um detalhe que, em início de temporada, tem que treinar mais, melhorar, ter mais tranquilidade. O importante é que estamos defensivamente bem, atentos com isso - opinou o treinador, questionado logo depois sobre o mesmo tema:

- Futebol é assim. Eu ficaria preocupado se não estivéssemos criando situações. Mas teve uma trave do Geuvânio, no outro jogo o Rogério Ceni foi o melhor em campo (empate em 0 a 0 com o São Paulo, no meio de semana), então sempre tem um adversário que dá trabalho. Daqui a pouquinho começam a fazer os gols e vamos sair com placares mais amplos. É natural - disse.

[[GAL:LANIMA20150214_0145]]

A vitória sobre o São Bernardo fez o Santos manter sua invencibilidade no Paulistão e aumentar ainda mais a distância para o Bragantino, vice-líder do Grupo D. Oito pontos à frente de seu perseguidor mais direto no momento, o Peixe venceu três partidas e tem dois empates até o momento. Segundo Enderson, fruto de evolução da equipe.

- Acima de tudo, o resultado foi justo. Acho que nosso time está evoluindo, porque jogar em São Bernardo é difícil, fora de casa sempre traz dificuldades. A equipe está se desenvolvendo, porque tivemos um jogo duríssimo na quarta-feira e a resposta poucos dias depois foi boa. Temos um time maduro, que sabe prender a bola e acelerar na hora certa - elogiou o comandante.