icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/04/2014
00:38

Classificado. A vitória por 2 a 0 na Colômbia deu a ida das oitavas de final para a próxima fase da Libertadores. O técnico Enderson Moreira valorizou muito o modo com que o Tricolor jogou no Atanasio Girardot e a recuperação, seja física ou emocional, dos atletas após a derrota no Gre-Nal. O comandante valorizou a confiança que o time pega novamente após a queda que havia acontecido no clássico.

- Fiquei feliz com a partida em si, fizemos uma partida inteligente e nos defendemos como precisávamos. Foi a única equipe que fez cinco gols no Nacional (COL) nos últimos dois anos. Demonstramos a nossa força em um grupo complicado - destacou Enderson.

Depois do jogo de número 400 contra o rival Inter, o treinador afirmou que o time sentiu o aspecto físico da maratona. A recuperação conseguida pelo elenco foi exaltada por Enderson, que elogiou o trabalho de Fábio Mahseredjian. Na Colômbia, o time gremista não fez nenhum trabalho tático ou treino mais forte.

- Primeiramente,  nosso objetivo principal era recuperar o aspecto emocional e o aspecto físico. O Fábio é o grande nome da preparação física do Brasil. Soube fazer com que a gente tivesse uma performance invejável. Sabemos como foi difícil a derrota no domingo. Mas é o que eu falei, é a oportunidade para mostrar nossa força. Muitas pessoas ficam desconfiadas do trabalho que é feito, se coloca o trabalho em xeque, as pessoas esquecem rapidamente. Ficamos muito felizes pelo empenho dos atletas - avaliou Enderson Moreira.