icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
20:28

Injustiçado. Assim Enderson Moreira definiu Leandro Damião após a partida entre Santos e Botafogo, vencida pelo Peixe por 2 a 0, na tarde deste domingo, na Vila Belmiro. Autor dos dois gols do triunfo santista, o camisa 9 recebeu o apoio do treinador, que defendeu o centroavante pelo momento que ele vinha passando.

- Isso é coisa típica do jogador que sofreu muito. Acho que ele apanhou demais. Muito mais do que fosse justo com ele. Acho que teve uma parcela de culpa sim. Mas de uma maneira ou de outra ele foi cobrado de maneira excessiva. Ele não foi o culpado ou principal responsável por algumas coisas. Deixado de lado ele nunca foi. A gente sempre deu a mesma atenção. Às vezes ficar fora do jogo foi no sentido de protegê-lo também. A minha conduta sempre foi essa. Ele entrou bem, com a característica dele, dentro da área, disputando. O Leandro sempre foi um grande jogador. Foi merecido esses dois gols - disse o comandante.

Sobre o confronto com o Botafogo, Enderson gostou da postura da equipe e enxergou melhora, mas contestou o desempenho do time nas finalizações. Para o treinador, Peixe pecou na hora de acertar o alvo de Jefferson.

- Acho que a gente fez bons jogos durante esses 11 partidas. Alguns até melhores. Hoje fizemos um bom jogo, enxerguei melhoras na equipe, mas pecamos nas finalizações. A gente estava buscando isso - arguementou o técnico santista.

Com 50 pontos, na décima colocação do Brasileirão, o Peixe faz o seu último duelo no Nacional no próximo domingo, contra o Vitória, às 17h, no Barradão.