icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/12/2013
08:04

Um dos destaques da nova geração de treinadores do Brasil, o técnico Enderson Moreira ganha a principal chance de sua carreira no Grêmio. O ex-comandante do Goiás quer priorizar o espírito coletivo do novo Tricolor. Um exército pronto para a batalha que é preparado no dia a dia. Um facilitador para o elenco na Libertadores de 2014.

O trabalho de dois anos no Goiás deixou claro que Enderson tem características de time organizado. Um treinador tático, como sempre foi falado nos bastidores gremistas. A preparação é um dos trunfos para que o técnico quebre a desconfiança que ronda seu nome.

- Minha forma de trabalhar é para facilitar que os jogadores possam ter as melhores condições. Invisto no trabalho de campo, minha ideia é preparar bem sempre os atletas. Um soldado bem preparado pode ser efetivo na guerra. É o que eu penso. Melhor derramar litros de suor na preparação do que uma gota de sangue na guerra. Tenho minhas ideias e primo por elas – destacou o novo comandante gremista.

Apesar de querer buscar reforços e observar os jogadores da base para o ano de 2014, o treinador elogiou a qualidade técnica presente no elenco do Grêmio.

- Acima de tudo é explorar ao máximo o que teremos em mão. Ter senso de coletividade, é o que busquei na equipe do Goiás. É o que vamos buscar. Tem excelente nível, qualidade excepcional, e temos que transformar essas qualidades todas em equipe. É para isso que estou aqui. Treinador tem que funcionar como facilitador para os jogadores desenvolverem o futebol dentro de campo – avaliou Enderson.

A reapresentação gremista acontece no dia 8 de dezembro. No dia 10, os jogadores viajam para Bento Gonçalves, onde o Tricolor fará sua pré-temporada. O retorno para Porto Alegre acontece dia 22, para a complementação do trabalho em Porto Alegre.