icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
20:23

O técnico Enderson Moreira surpreendeu aqueles que esperavam o Santos repleto de reservas na partida contra o Internacional, neste domingo, e escalou força máxima a três dias da semifinal da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Depois da derrota por 2 a 1, na Vila Belmiro, o técnico santista justificou a opção e afirmou que não vai jogar a toalha no Campeonato Brasileiro.

- A gente não pode abandonar o campeonato. Hoje era um confronto direto, poderíamos diminuir bem a distância. Pode ser que daqui a pouco não tenhamos mais chance e, então, a gente faça a opção por um campeonato. O que me faz tirar um jogador é o desgaste, mas todos mostraram recuperação plena, não tinha nada que justificasse poupar - explicou.

- Sou formado em Educação Física e posso falar um pouquinho também. São dois caminhos: em determinados momentos é importante segurar o atleta. Em outros, é importante a sequência. Não tem treinamento melhor do que o jogo, quanto mais joga mais preparado está. Mas também há momentos em que, por conta da sequência de jogos, o descanso é melhor, faz com que tenha ganho para a próxima partida - comentou.

O comandante santista também disse que o Peixe não merecia a derrota para o Inter pelas chances criadas.

- Duvido alguém falar que nosso time não mereceu a vitória. Futebol muitas vezes é injusto - declarou.

O Peixe retorna aos treinos na tarde desta segunda-feira, no CT Rei Pelé. O próximo compromisso da equipe no Brasileirão é domingo, contra o Corinthians, na Arena do rival.