icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
23:59

Em resumo, um tempo do Newell's Old Boys, um tempo do Grêmio. O empate seria justo, não fosse as chances criadas pelos gaúchos. Foi o que disse o técnico Enderson Moreira em sua avaliação do 0 a 0 na noite desta quinta-feira, na Arena, em Porto Alegre. O técnico admitiu o controle dos argentinos no primeiro tempo, mas valorizou a reação feita pelos gremistas na segunda etapa, quando Barcos, Werley, Zé Roberto e Pará, este acertando o travessão, perderam oportunidades claras de gol.

- Eles controlando e a gente não conseguindo impor nosso ritmo. Mas no segundo tempo criamos vários oportunidades. Merecíamos a vitória. Mas no futebol não tem justiça. Não podemos ficar aqui lamentando. Na minha concepção, tivemos uma reação muito boa, mostramos a força de uma equipe que está buscando sua classificação e está buscando esta conquista diante de grandes adversários. Nosso grupo tem equipes de altíssimo nível - avaliou o comandante gremista.

As mudanças aconteceram, principalmente, depois da entrada de Dudu e Alán Ruiz no jogo. Ambos ingressaram no time ainda no primeiro terço do segundo tempo e deram nova movimentação ofensiva aos tricolores.

- Importante é manter a postura boa, que busca o gol e controla os adversários. Uma equipe montada e qualificada. E neutralizamos as ações deles. Não lembro de nenhuma defesa do Marcelo. E eu acho que criamos boas oportunidades. Fomos controlados no primeiro tempo e controlamos no segundo - resumiu Enderson.