icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
11/12/2013
10:20

Encostado no São Paulo há quatro meses, o zagueiro Lúcio disse a pessoas próximas que aguarda um "avanço" em suas conversas com o Palmeiras ainda nesta semana. O jogador de 35 anos tem contrato com o rival até o fim de 2014 e é tratado como prioridade no Verdão, embora não tenha ainda recebido proposta - as partes, contudo, estão em contato nos últimos dias.

O próprio Tricolor aceita conversar com o rival sobre Lúcio, que ganha cerca de R$ 500 mil mensais (R$ 300 mil pagos pelo São Paulo, e o resto por uma empresa) e não deve ser mais utilizado no time do Morumbi. Contratado para ser o líder são-paulino ainda no fim de 2012, ele teve problemas com os técnicos Ney Franco e Paulo Autuori. Apesar da possibilidade de conversa, o atual clube do pentacampeão mundial se nega a dividir os vencimentos do defensor.

Pesa em favor do Verdão a adaptação do jogador e família a São Paulo. Espera-se que a situação de Lúcio se resolva em até dez dias, diante da concorrência de outros clubes do futebol brasileiro e do exterior. O jogador é tido como um dos principais focos do Verdão nesta pós-temporada, quando a comissão técnica tentará arrumar o time "da defesa para frente".

Dos cinco titulares na Série B (Fernando Prass, Luis Felipe, Henrique, Vilson e Juninho) apenas o goleiro e o capitão estão garantidos entre os titulares no time de 2014. Até Márcio Araújo, qum fez a proteção de zaga nos últimos quatro anos, pode deixar o time, que volta a disputar a Série A no ano de seu centenário.