icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
16:45

Em viagem ao Qatar, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, teve um encontro nesta segunda-feira com o ministro da Juventude e do Esporte do país que vai sediar a Copa do Mundo de 2022. As duas autoridades usaram um discurso de cooperação em prol da organização do Mundial.

- Podemos aprender bastante com a experiência brasileira. Somos mais próximos do Brasil do que de outros países ocidentais e queremos aprofundar nossas relações, não só no futebol, esporte que muitos profissionais brasileiros já praticam aqui, mas também em outras modalidades - disse o ministro qatari, Salah bin Ghanem bin Nasser Al Ali.

Rebelo retribuiu o interesse prometendo manter o compartilhamento de informações pensando na Copa.

- O Brasil tem todo o interesse no sucesso da Copa que o Catar está organizando para 2022. Fomos um dos dois primeiros países a apoiar a realização do torneio aqui. E queremos ampliar a colaboração para outros esportes além do futebol. Se o Catar quiser, podemos mandar para cá pessoal que trabalhou na execução dos planos operacionais em nosso país - afirmou Rebelo.

O ministro brasileiro, que já garantiu deixar o cargo ao fim do ano, participa de um fórum em Doha, capital do Qatar, país cuja presença brasileira é representada por cerca de 800 imigrantes. A maioria de profissionais ligados ao futebol, como jogadores e técnicos.