icons.title signature.placeholder Bruno Andrade
21/03/2014
08:30

Direitos de imagens e bônus por metas de 2013 atrasados, mudança na estratégia de pagamento de premiações, pendência com antigo parceiro e, principalmente, dificuldade para reforçar o elenco. A crise financeira está mais do que instalada no Corinthians.

Com os cofres vazios, a diretoria corintiana tem a possibilidade de pegar um empréstimo gordo nos próximos dias. A Elenko Sports, do empresário e conselheiro do clube Fernando Garcia, disponibilizou R$ 6 milhões para o Timão.

Apesar de o dinheiro já estar à disposição, Garcia, cujo nome aparece logo acima do de Luiz Inácio Lula da Silva na lista de conselheiros trienais do Corinthians, nega ter se oferecido para ajudar a desafogar o setor financeiro do clube

O valor, que terá de ser pago com juros como qualquer outro empréstimo, é visto com bons olhos pela direção. Além de contratações pontuais, ela sofre desde o ano passado para pagar em dia a folha salarial que gira em torno de R$ 7 milhões – já reduzida após as saídas de Pato, Douglas, Paulo André e Ibson.

As premiações dos jogadores pelo título da Recopa Sul-Americana e por jogos do Brasileirão do ano passado também não foram pagas. Para evitar novos atrasos, o presidente Mário Gobbi Filho implementou estratégia diferente: o bicho, a partir deste ano, será pago por metas alcançados (títulos, avanços de fase ou classificação à Copa Libertadores).

Dívidas com antigos parceiros ainda precisam ser sanadas. O Timão também não repassou ao Grupo Pão de Açúcar a parcela de 1 milhão de euros (cerca de R$ 3 milhões) da transferência de Paulinho para o Tottenham.

EM 2014, REFORÇOS SEM CUSTO

Fagner
Emprestado pelo Wolfsburg (ALE), depois de defender o Vasco em 2013.

Uendel
Contratado da Ponte Preta por grupo de empresários, que o repassou.

Bruno Henrique
Mais um "presente" de empresários, estava no Londrina.

Jadson
Trocado com o São Paulo, que ficou com Pato por empréstimo.

Luciano
Adivinha? Contratado por um grupo de empresários e colocado no Timão.