icons.title signature.placeholder Bruno Braz, Daniel Guimarães e Guilherme Abrahão
28/12/2013
08:31

Na mira do Vasco para 2014, o lateral-esquerdo Cortez, do São Paulo, não vê problemas em atuar na Série B do Campeonato Brasileiro defendendo o Gigante da Colina. Retornando do Benfica (POR), clube que atuou por empréstimo na última temporada, ele dificilmente ficará no Tricolor paulista, onde tem contrato até 2017.

– O Vasco é um clube que tem tido um carinho com o Cortez e se esforçado para contratá-lo. Estar na Série B não prejudica em nada por se tratar de um grande clube – destacou o agente do jogador, Flávio Trivella.

Embora admita o interessa do Vasco em Cortez, o empresário do lateral-esquerdo destacou que só irá abrir negociação com o Cruz-maltino quando o São Paulo tomar um posicionamento com relação a situação do atleta no Morumbi.

– O interesse do Vasco existe e nós vamos avaliar com muito carinho esta proposta, mas só podemos manifestar algo sobre negociações quando o São Paulo der uma definição – declarou Trivella.

No São Paulo, Cortez conta com a simpatia do técnico Muricy Ramalho, mas não goza de muito prestígio com o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, fator que tem pesado.

No Benfica ele teve atuações pouco convincentes, a ponto do jornal português “A Bola” destacar que sua passagem era para “esquecer”.

O Vasco entende que a lateral-esquerda é um setor que precisa ser reforçado, já que Yotún não terá seu contrato renovado e Henrique e Lorran, oriundos da base, ainda são considerados muito inexperientes.

Caso acerte com o Gigante da Colina, Cortez reencontrará William Barbio, seu grande amigo dos tempos de Nova Iguaçu. O atacante retorna de empréstimo do Bahia.

Vaivém: As principais novidades do futebol brasileiro