icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
20/12/2013
08:05

Enquanto os operários trabalham para finalizar os últimos detalhes do Beira-Rio, próximo dos 95% de conclusão, o CEO da Brio (empresa que gerencia as novas áreas do Beira-Rio), Marcelo Flores, é um operário dos bastidores. O comandante da parceira que irá gerenciar as novas opções do estádio colorado negocia para que o primeiro grande evento da casa repaginada, em outubro ou novembro de 2014, seja um show internacional.

- O primeiro grande show deve ser internacional. Já tenho um nome em mente que eu quero. Estou conversando pra ver como a turnê passa. Entre outubro e novembro, dependendo das situações, tenhamos o primeiro grande show na nova casa colorada - destacou Flores.

A banda é mantida em sigilo absoluto pelo dirigente. Mas a ideia é que o estádio comece a gerar lucros a partir do segundo semestre de 2014. Antes disso, não será possível utilizar nenhuma das áreas comercialmente, por conta do acordo para a Copa do Mundo. As 44 lojas do shopping de rua do estádio ficaram reservadas para a entidade utilizar durante o evento.

A Brio tem assinado um acordo com a IMX, empresa que tem Eike Batista como sócio, para a gestão de novas áreas e criação de eventos para o estádio colorado. Não só realizar um jogo da NBA ou uma noite de UFC, como também proporcionar facilidades aos sócios colorados. Levar torcedores para assistir ao Rock in Rio, por exemplo, por conta de alguma promoção e da parceria entre as duas empresas.

- Não só grandes shows, tem UFC, a NBA, o Cirque du Soleil. Podemos levar sócios do Inter para ir ver o Rock in Rio com tudo pago. Torneio de tênis, dá para cobrir o estádio e fazer. Isso é o q engrandece a parceria. Isso vem desde a primeira conversa com eles, da geração de conteúdo. É um grande complexo, com eventos culturais, religiosos, de todas as formas, de 3, 4 vezes por semana - completou Marcelo Flores.

A cobertura do estádio não deve estar pronto ao final de dezembro. As membranas translúcidas, que completam a estrutura e impedem a entrada de água nas frestas, será colocada a partir do dia 26 e deve se estender por cerca de um mês. Os eventos-testes para a Copa do Mundo podem acontecer durante o Gauchão, com o time sub-23 do clube gaúcho.