icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
21:07

A opção por utilizar o zagueiro Dedé no time titular gerou dúvidas e algumas críticas para o treinador Marcelo Oliveira. Questionado sobre a escalação do jogador que até pouco tempo se recuperava de uma grave lesão no joelho, o técnico do Cruzeiro alegou que confiava na capacidade de Dedé pelo longo período em que o Mito jogou no time principal da Raposa. Nesta noite de sábado, o zagueiro tratou de mostrar que o professor estava certo. Na goleada por 5 a 0 diante do Figueirense, Dedé não só atuou durante todos os 90 minutos, mas ainda saiu de campo comemorando um dos gols na goleada celeste.

- Tenho que agradecer o professor. Ele me passou confiança para retornar ao time depois de voltar de contusão. Deus me abençoou e isso nos deixa muito feliz. Fiquei dois meses parado, a gente pensa em várias coisas quando esta machucado. Foi muito emocionante fazer o gol, a confiança existe, estou feliz demais - falou o jogador.

MAIS:
> Chuva de gols! Cruzeiro goleia Figueirense no Mineirão
> Jogadores da Raposa celebram mais uma ótima noite



Após balançar as redes, Dedé mostrou estar visivelmente emocionado pelo retorno aos gramados. O jogador foi constatado com uma lesão no ligamento posterior do joelho no dia 20 de maio, há pouco mais de dois meses do confronto contra o Figueirense.

- Antes de começar o jogo eu já estava emocionado por voltar ao campo depois de uma contusão grave. Estou voltando ainda com um pouco de dor, fazendo força, mas consegui terminar a partida e ajudar a equipe com o gol, que era meu objetivo. Não tem como não conter as lágrimas, só distribuir (o empenho) para meus companheiros e para o treinador, que confiou em mim. É um jogo que ficará muito marcado na minha história - finalizou o zagueiro, em entrevista ao canal Sportv.