icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/04/2014
17:16

O interesse do Fluminense em contar com mais um zagueiro é de conhecimento público. Apesar disso, o setor que mais recebeu críticas da torcida nos últimos tempos não tem um único gol sofrido, desde que Cristovão Borges assumiu o comando. São 406 minutos que Diego Cavalieri não precisa buscar a bola no fundo da baliza. Para Elivelton, as especulações em torno da chegada de um defensor não desestabilizam quem tem jogado.

- De maneira alguma. Estão contratando novos reforços para ajudar a equipe. E se chegar algum jogador, tenho certeza que vai ser para o bem do Fluminense - disse ele.

Um dos jogadores que teve seu nome ligado ao Tricolor foi Manoel, do Atlético-PR. Além de ser um reforço considerado caro, o jogador foi descartado também por sua "baixa estatura": 1,81m, exatamente o mesmo que Elivelton possui. O zagueiro, porém, diz não pensar que esse tipo de informação atrapalhe.

- Não atrapalha. Vou manter meu trabalho da mesma forma e quem chegar, vai vir para somar com a equipe - garantiu.

Ainda de acordo com ele, a defesa do Fluminense tem ido bem nos últimos jogos por conta da ajuda de todos os jogadores, que tem colaborado com a marcação, independentemente da posição em que atuam.

- O grupo tem ajudado. Todo mundo com empenho para marcar e isso facilita para nós não levarmos gol. A equipe está bem, a zaga está bem. Está todo mundo ajudando na marcação e isso está ajudando a defesa na hora de sair de campo sem tomar gol. O Fluminense está conseguindo neutralizar os adversários.

Tentando prolongar a imbatibilidade defensiva, o Tricolor das Laranjeiras recebe o Vitória no próximo sábado, às 21h, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.