icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/04/2014
17:30

O retorno de Elias ao Parque São Jorge, confirmado na tarde desta segunda-feira, foi o grand finale de uma relação intensa entre o jogador e a torcida durante o período de ausência (dezembro/2011 a março/2014). Não foram poucas as trocas de carinho que marcaram a manutenção do 'vínculo' do ex-jogador do Sporting no Timão.

Além de inúmeras mensagens nas redes sociais, principalmente após as conquistas do clube nos últimos anos, Elias encheu a Fiel de orgulho ao assistir in loco a primeira final da Libertadores de 2012, contra o Boca Jrs., na Bombonera.

Na ocasião, na companhia do cantor Thiaguinho, o volante foi para a arquibancada da Bombonera, se misturou entre os cerca de quatro mil alvinegros, e viu de perto Romarinho dar a cavadinha e empatar o jogo, que terminou 1 a 1. Horas antes do jogo, a reportagem do LANCE!Net encontrou com o jogador no hotel onde a delegação estava hospedada. Então do Sporting (POR), ele falou sobre a loucura de ir até Buenos Aires acompanhar a decisão.

- Estou de férias, então aproveitei para vir torcer pelo Corinthians e pelos amigos. Fico até amanhã e volto para curtir o resto das férias no Brasil com a família – afirmou, enquanto esperava o elevador.

O 'troco' da Fiel ocorreu no dia 1º de setembro de 2013. Já como atleta do Flamengo, Elias foi ao Pacaembu para jogar pelo Brasileirão. Antes da partida, que terminou com goleada alvinegra, por 4 a 0, quase 40 mil alvinegros gritaram o nome de Elias. Dos ex-jogadores do Timão, foi o mais ovacionado.

Na ocasião, Chicão também teve seu nome gritado, mas sem a mesma ênfase. Felipe, por sua vez, foi xingado pelos corintianos, que ainda ignoram a presença de Mano Menezes, que retornaria ao Parque São Jorge meses depois.