icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
11:45

Em entrevista coletiva aos sócios-torcedores do Corinthians, antes do atendimento à imprensa, o mais novo reforço da equipe esbanjou sinceridade. Questionado sobre inúmeros assuntos pelos representantes da Fiel, Elias não deixou perguntas sem resposta.

Nem mesmo quando o assunto foi o seu histórico de gols contra o São Paulo - volante marcou um quinto dos seus 24 gols no Majestoso. Perguntado se voltaria a fazer gol contra o rival do Morumbi, o camisa 7 brincou com o fim da carreira de Rogério Ceni, que deixará os campos em dezembro.

- Vencer é mais importante do que fazer gol, ganhar título é mais importante do que fazer gol. Se der para ganhar título fazendo gols neles (São Paulo), tá bom. Mas parece que ele vai até se aposentar, né? - afirmou o jogador, sorrindo, sendo aplaudido pelos torcedores.

Além de afirmar que 'era uma honra participar de uma entrevista com torcedores que o apoiam em qualquer lugar', Elias comentou sobre o sofrimento de aguardar o acerto entre Sporting e Corinthians, que ficou perto de não acontecer.

- Passou tudo, desespero, raiva...quando estava perto de fechar era de alivio, depois de frustração. Foi difícil. Foi uma das negociações mais complicadas que eu tive. Mas passei por isso para crescer. Eu acho que, para ser feliz, tem de abrir mão de muita coisa, eu abri para voltar para minha casa, para voltar ao clube que eu amo, eu escolhi voltar para casa - afirmou o volante, novamente aplaudido pelos torcedores.