icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
13:18

As vésperas da eleição que decidirá quem será o presidente pelos próximos três anos, o Fluminense luta para escapar de vez da brigar contra o rebaixamento. Alguns dizem que o momento político do clube pode atrapalhar o futebol do Tricolor, enquanto outros, assim como Rafael Sobis, afirmam que não afeta o rendimento dos jogadores.

Artilheiro do Fluminense na temporada com 16 gols (sem contar o tento marcado diante do Orlando City, nos Estados Unidos) e maior esperança de gols da equipe devido a ausência de Fred, que não joga há 19 rodadas, Rafael Sobis garantiu que o que acontece fora de campo não tem interesse para os jogadores.

- Fiquei sabendo ontem (quarta-feira) que a eleição seria no sábado. Nosso time está focado e não quer nada sobre política. O que acontece fora de campo não interessa. Nosso negócio é futebol - disse o atacante.

Com 16 gols em 54 jogos, Rafael Sobis tem o dobro de gols de Fred, Samuel e Wágner, com oito cada na temporada, e se diz feliz com a sequência que tem tido no Tricolor.

- Se você for pensar em como o ano começou, o resultado vai ser ótimo. Estou tendo muitos jogos, poucas lesões e fazendo gols. Não me importo muito em passar jogos sem marcar. Eles acontecem de maneira natural e não mudam a minha maneira de ser dentro de campo. Tenho ajudado bastante com assistências. O ano está sendo positivo e quero coroar essa temporada ajudando o Fluminense a ficar na Série A em 2014 - concluu.

O Fluminense está na 15ª colocação, com 42 pontos, e volta a campo neste domingo, diante do Santos, às 17h, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sobis revela que pressão por vitórias pode atrapalhar