icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
18:42

Em sua entrevista coletiva após o treino do Grêmio, nesta segunda-feira, em Porto Alegre, Elano procurou não levar adiante o episódio no qual foi intimidado por um grupo de torcedores do Internacional, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, na última quinta-feira. O meia disse que as provocações aconteceram devido a forte rivalidade entre a dupla Gre-Nal:

- Apesar de ser uma rivalidade grande, tenho respeito em falar sobre o time. Eu não posso julgar meu adversário por um grupo de 20 ou 30 pessoas - declarou.

O jogador também contou sua versão sobre o incidente:

- Eu estava no meu carro, eles estavam lá no aeroporto esperando o Alex e começaram a me provocar de longe. Eu fiquei parado, somente esperando. Até um PM chegou e me perguntou se queria alguma ajuda. Eu disse que só queria que eles saíssem da frente, porque poderia atropelá-los.

Elano também falou sobre a sequência que o Grêmio terá nesta semana - depois de bater o Fluminense por 2 a 0, o time pega o Corinthians, na próxima quarta-feira, e o clássico diante do Internacional, no próximo domingo.

- Vejo uma sequência importantíssma. Vamos enfrentar equipes dificílimas, e as vitórias vão nos ajudar a subir na tabela.

O duelo do Imortal contra o Timão acontecerá às 21h50, nesta quarta-feira, no Pacaembu.


Em sua entrevista coletiva após o treino do Grêmio, nesta segunda-feira, em Porto Alegre, Elano procurou não levar adiante o episódio no qual foi intimidado por um grupo de torcedores do Internacional, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, na última quinta-feira. O meia disse que as provocações aconteceram devido a forte rivalidade entre a dupla Gre-Nal:

- Apesar de ser uma rivalidade grande, tenho respeito em falar sobre o time. Eu não posso julgar meu adversário por um grupo de 20 ou 30 pessoas - declarou.

O jogador também contou sua versão sobre o incidente:

- Eu estava no meu carro, eles estavam lá no aeroporto esperando o Alex e começaram a me provocar de longe. Eu fiquei parado, somente esperando. Até um PM chegou e me perguntou se queria alguma ajuda. Eu disse que só queria que eles saíssem da frente, porque poderia atropelá-los.

Elano também falou sobre a sequência que o Grêmio terá nesta semana - depois de bater o Fluminense por 2 a 0, o time pega o Corinthians, na próxima quarta-feira, e o clássico diante do Internacional, no próximo domingo.

- Vejo uma sequência importantíssma. Vamos enfrentar equipes dificílimas, e as vitórias vão nos ajudar a subir na tabela.

O duelo do Imortal contra o Timão acontecerá às 21h50, nesta quarta-feira, no Pacaembu.