icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
14:54

Autor do gol que iniciou a virada do Palmeiras sobre a Ponte Preta por 3 a 2, neste sábado, no Pacaembu, o volante Eguren evita euforia e não se coloca o carimbo de titular do Verdão.

- Sentir-se titular nesse Palmeiras é muito difícil, porque tem muito jogador com nível. Então foi um passo a mais com a vitória, mas tenho que continuar com os pés no chão, trabalhando com humildade e mirar para frente - declarou.

O uruguaio começou jogando os últimos seis jogos do Palmeiras. Marcelo Oliveira teoricamente é o dono da posição de primeiro volante, mas foi recuado e improvisado na zaga para suprir a ausência de Wellington, que voltou contra a Macaca de lesão e, sem ritmo, ficou no banco. Como Oliveira estava suspenso por expulsão contra o Paulista, Tiago Alves atuou ao lado de Lúcio.

Na próxima segunda-feira, Marcelo Oliveira será julgado pelo TJD-SP por causa do cartão vermelho. Enquadrado no tribunal por ato hostil, pode pegar gancho de até três partidas. No domingo, o Verdão decide diante do Santos, na Vila Belmiro, quem terminará a primeira fase do Paulista como primeiro na classificação geral.