icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
21/02/2015
13:24

Após participar de dois Treinamentos de Campo, nos primeiros dias do ano, chegou o momento do desafio inicial na temporada para Eduardo Bettoni (-90 kg). O atleta é um dos membros da seleção brasileira de judô no Grand Prix de Dusseldorf, que acontece entre os dias 20 e 22 de fevereiro, na Alemanha.

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, o judoca ressalta que o nível de todas as competições durante a temporada 2015 será o altíssimo. A expectativa é de uma competição forte na Alemanha, com a presença dos melhores do mundo em todas as categorias. Para não ser pego de surpresa em nenhum momento, Bettoni segue focado em conquistar medalhas para garantir a vaga na maior competição esportiva do planeta.

- Acredito que os atletas estarão mais focados e melhor preparados para as competições neste ano por conta dos Jogos Olímpicos ano que vem. Afinal, é o ano mais importante para quem quer chegar à Olimpíada. Acredito que por não ter tido o Grand Slam de Paris como a primeira competição do ano, os atletas mais fortes estarão em Dusseldorf. Será uma competição de altíssimo nível - analisa o atleta.

Apesar das dificuldades, Bettoni mostra confiança para a competição depois de sua preparação. Para conquistar o título em solo alemão, elese preparou física e psicologicamente.

- Minhas expectativas são as melhores possíveis, ainda mais depois de muito treinamento e foco. Não penso em dificuldades para esta competição, penso no que terei que fazer para ser campeão. Sei que estou preparado para isso. Vou com a cabeça tranquila e deixar que meus adversários que sintam a pressão - afirmou.

Eduardo Bettoni está na chave B do Grand Prix de Dusseldorf. Ele estreia domingo contra o tunisino Oussama Mahmoud Snoussi. Se vencer, o brasileiro terá como oponente o chinês Xunghzao Cheng.

Também representarão o Brasil, os judocas Sarah Menezes (48kg), Gabriela Chibana (48kg), Érika Miranda (52kg), Jéssica Pereira (52kg), Rafaela Silva (57kg), Ketleyn Quadros (57kg), Mariana Silva (63kg), Danielle Karla Oliveira (63kg), Bárbara Timo (70kg), Samanta Soares (78kg) e Rochele Nunes (+78kg); Eric Takabatake (60kg), Phelipe Pelim (60kg), Ricardo Santos Jr (66kg), Alex Pombo (73kg), Marcelo Contini (73kg), Leandro Guilheiro (81kg), Felipe Costa (81kg), Luciano Corrêa (100kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Walter Santos (+100kg). A comissão técnica será formada por Ney Wilson, chefe da delegação, pelos técnicos Luiz Shinohara, Rosicleia Campos, Fulvio Miyata e Mário Tsutsui, pela fisioterapeuta Roberta Mattar, pela nutricionista Gisele Lemos e pelo massoterapeuta Hans Peter Strubreiter.