icons.title signature.placeholder Bruno Giufrida
05/12/2013
09:03

A diretoria do Santos negocia as contratações do atacante chileno Vargas, que está emprestado pelo Napoli (ITA) ao Grêmio, e do meia Diego, do Wolfsburg (ALE). E Edu Dracena mostrou-se empolgado com a chance de eles vestirem a camisa do Peixe em 2014, mas ressaltou as dificuldades financeiras.

– Não tem nem palavras, eles são jogadores de seleção. A história do Diego é vitoriosa, ele é um ídolo da torcida, e sempre quando tem essa possibilidade todo mundo fica esperançoso, mas hoje o futebol está muito difícil, com a valorização dos jogadores. E quanto mais jogadores de qualidade virem é melhor para nos ajudar – afirmou Edu.

Diego ficará sem contrato no meio do ano que vem e, com isso, poderá assinar um pré-contrato com outro clube no fim desta temporada. No entanto, o jogador pede um salário de R$ 1 milhão por mês. Para contratar antes do fim do vínculo com o Wolfsburg, o Peixe tem de pagar cerca de R$ 11,5 milhões.

O caso de Vargas também envolve altas cifras. O Santos, porém, tenta o empréstimo e quer abater o valor com duas parcelas que tem de receber pelo goleiro Rafael. O São Paulo também está de olho no chileno.