icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/03/2014
16:32

Capitão da maioria das conquistas recentes do Santos desde o Paulistão de 2011, o zagueiro Edu Dracena não está participando da fase final do Estadual nesta temporada por ter rompido os ligamentos do joelho esquerdo na primeira semana de pré-temporada. De fora, o experiente jogador acompanha o melhor ataque do torneio, e que já atingiu as semifinais para enfrentar a zebra Penapolense e, se avançar, decidir contra Ituano ou Palmeiras.

"Antecessor" de Cícero como capitão do Peixe, Edu Dracena comparou o time atual a dois esquadrões que marcaram história: o time de Pelé, que faturou as duas primeiras Libertadores e os dois Mundiais do Peixe, e a geração 2010, que conquistou Paulistão, Copa do Brasil e, novamente, a Libertadores, com Ganso e Neymar. De acordo com o zagueiro, a ofensividade e a frequente exposição da defesa aos ataques rivais permitem a comparação.

- Eu vejo que esse time atual está lembrando aquele de 2010, que fazia muitos gols, mas também tomava muitos. E eu me lembro que na época do Pelé também era assim, o time fazia cinco e levava três. É gratificante ver a evolução desses jogadores e o Santos, tanto no Paulista quanto no Brasileiro, vai dar trabalho para qualquer time - afirmou Edu Dracena ao canal Fox Sports.

Com 43 gols marcados em 16 partidas, sendo quatro apenas diante da Ponte Preta, pelas quartas de final, o Santos é dono do melhor ataque do Campeonato Paulista, e enfrenta o Penapolense neste domingo, às 16h. Apesar do time do interior ter sido o único a vencer o Peixe na primeira fase - por 4 a 1 -, Edu Dracena já prevê uma final contra o Palmeiras.

- Vejo que Santos e Palmeiras são as duas melhores equipes do Campeonato Paulista, e acho que ambas vão para a final e farão uma decisão sensacional. O Santos é muito ofensivo, mas em alguns jogos, como aquele contra o Palmeiras (2 a 1, na última rodada da primeira fase), foi difícil entrar na defesa depois que estava 2 a 0 - salientou o zagueiro, que tem sido substituído por Neto na equipe titular.