icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2013
16:01

O eterno ídolo vascaíno, Edmundo, entrou na polêmica em relação à troca de lugares no Maracanã para o clássico deste domingo, contra o Fluminense. Em sua página oficial no Facebook, o Animal deu razão ao torcedor cruz-maltino, alegando que existe um "ritual" que não poderia ser encerrado.

O ex-jogador, que encerrou a carreira com a camisa do Vasco, frisou a importância que tem a torcida em momento ainda complicado que o Gigante da Colina vive.

LEIA MAIS:
> Tricolores esgotam setor sul para o clássico no Maracanã
> Dorival Júnior confirma Juninho contra o Fluminense
>Vasco anuncia oficialmente a contratação de Fagner e Dinamite confirma Guiñazu
> Fagner e Willie já iniciaram os exames médicos em São Januário

Confira na íntegra o texto de Edmundo:

Tenho sido muito questionado sobre a polêmica dos locais destinados às torcidas de Fluminense e Vasco.

O torcedor vascaíno tem razão em reclamar. Afinal, existe um ritual. São anos e anos acostumados ao nosso "canto", mas minha preocupação vai além da troca de lugares, minha preocupação é o motivo dessa perda!

Apesar de termos um dos estádios particulares mais bonitos do mundo, não podemos ficar sem o Maracanã. O Maraca é o Maraca e o Vasco é Vasco!!!

O Vasco tinha que ter tomado a iniciativa para garantir as melhores condições comerciais possíveis e a manutenção da credibilidade enquanto instituição. Hoje não jogamos clássicos em São Januário e não podemos mandar jogos no Maracanã.

Independente da decisão, precisamos lembrar que o clube vive uma situação delicada em campo e o apoio da torcida é essencial. Como ex-jogador, não gostava de jogar sem contar com o maior patrimônio do clube: Vocês, torcedores. E como torcedor apaixonado, espero uma linda festa no Maracanã!

O Vasco está acima de tudo e precisa de todos nós, unidos.

Sorte ao Vasco!!!

O eterno ídolo vascaíno, Edmundo, entrou na polêmica em relação à troca de lugares no Maracanã para o clássico deste domingo, contra o Fluminense. Em sua página oficial no Facebook, o Animal deu razão ao torcedor cruz-maltino, alegando que existe um "ritual" que não poderia ser encerrado.

O ex-jogador, que encerrou a carreira com a camisa do Vasco, frisou a importância que tem a torcida em momento ainda complicado que o Gigante da Colina vive.

LEIA MAIS:
> Tricolores esgotam setor sul para o clássico no Maracanã
> Dorival Júnior confirma Juninho contra o Fluminense
>Vasco anuncia oficialmente a contratação de Fagner e Dinamite confirma Guiñazu
> Fagner e Willie já iniciaram os exames médicos em São Januário

Confira na íntegra o texto de Edmundo:

Tenho sido muito questionado sobre a polêmica dos locais destinados às torcidas de Fluminense e Vasco.

O torcedor vascaíno tem razão em reclamar. Afinal, existe um ritual. São anos e anos acostumados ao nosso "canto", mas minha preocupação vai além da troca de lugares, minha preocupação é o motivo dessa perda!

Apesar de termos um dos estádios particulares mais bonitos do mundo, não podemos ficar sem o Maracanã. O Maraca é o Maraca e o Vasco é Vasco!!!

O Vasco tinha que ter tomado a iniciativa para garantir as melhores condições comerciais possíveis e a manutenção da credibilidade enquanto instituição. Hoje não jogamos clássicos em São Januário e não podemos mandar jogos no Maracanã.

Independente da decisão, precisamos lembrar que o clube vive uma situação delicada em campo e o apoio da torcida é essencial. Como ex-jogador, não gostava de jogar sem contar com o maior patrimônio do clube: Vocês, torcedores. E como torcedor apaixonado, espero uma linda festa no Maracanã!

O Vasco está acima de tudo e precisa de todos nós, unidos.

Sorte ao Vasco!!!