icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/12/2013
18:10

O Grêmio apresentou de maneira oficial, na tarde desta quinta-feira, o volante Edinho, com passagem destacada pelo rival Internacional, com o qual acabou tendo identificação forte, principalmente pelos títulos conquistados com a camisa vermelha. O volante admitiu que terá de dar "carrinho de cabeça" para quebrar a desconfiança dos torcedores, mas diz que todos que gostam dele já vestem azul e estão felizes com o acerto com o Tricolor.

O volante foi campeão da Libertadores e do Mundial em 2006, assim como da Copa Sul-Americana em 2008 com as cores do Internacional. Em sua apresentação, o técnico Abel Braga comentou que gostaria de trabalhar novamente com o jogador, o que fomentou especulações para o retorno ao clube alvirrubro.

- No dia a dia, vou ter que treinar mais que os outros. Se tiver que dar carrinho de cabeça, vou dar. O torcedor pode esperar o cara que vai lutar muito, não vai ter bola perdida. Vai ser fera. Espero que aconteça o mais rápido possível (grito de "guerreiro" pela torcida). Tenho que demonstrar em campo para trazer o torcedor para o meu lado - destacou o volante Edinho.

Os dirigentes gremistas ligaram para Edinho no final da noite de terça. O diretor-executivo Rui Costa conversou por telefone com o atleta, que demonstrou vontade de vestir a camisa gremista. Como tinha vínculo terminando com o Fluminense, o acerto aconteceu rapidamente:

- Vou dar a minha vida pela camisa do Grêmio e vai ser assim. Não dá para ser diferente. Vou sempre dar o melhor. Estrearia amanhã. Só com o tempo para trazer o torcedor para o meu lado.

Edinho assinou um contrato de dois anos com o clube gaúcho, com remuneração menor do que recebia no Fluminense e com aumento previsto para o próximo ano. O volante prometeu dedicação, disse que vai ter de treinar mais do que os companheiros para convencer os torcedores.