icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/12/2013
13:08

Só um verdadeiro milagre salvaria o Fluminense do rebaixamento em 2013. Na 18ª colocação, o Tricolor não depende mais das próprias forças para se manter na elite do futebol brasileiro e terá que contar com a sorte para sobreviver entre os 20 que disputarão a Série A em 2014.

Um dos líderes do elenco atual, Edinho sabe que o momento não é bom, mas que existem chances para permanecer na elite. Desta forma, o volante quer foco dos jogadores e apoio da torcida.

- Estamos numa situação ruim. Não queríamos estar passando por esse momento, mas temos uma chance boa de ficar na Série A. Todos estão focados para fazer um grande jogo e estamos torcendo para que dê tudo certo - disse.

E MAIS
> No refúgio da Urca, Flu se prepara para última rodada do Brasileirão
> Fluminense terá três decisões no domingo para ficar na elite
> Clubes da Série B se animam com possível queda de Fluminense e Vasco

Edinho era titular absoluto do Fluminense até a última partida, quando a equipe carioca empatou em 2 a 2 com o Atlético-MG. Neste jogo, o volante perdeu a vaga para Valencia, porém o seu substituto acabou sentindo a coxa esquerda e teve que dar o lugar novamente para o camisa 5, que não poupou elogios ao amigo e concorrente por uma vaga nos 11 inicial.

- O Valencia é um cara fantástico. Já está brigando por posição comigo há anos e, mesmo assim, somos muito amigos. Fico triste pela situação dele. É um jogador de seleção, que vai para a Copa do Mundo. Ele se esforça muito e vai passar por cima disso tudo. Não ligo de ficar no banco, é uma situação em que todos os jogadores já passaram. O importante é estar pronto para entrar quando o professor pedir - afirmou o volante.

Com contrato até o final de 2013, Edinho poderá fazer a sua última partida pelo Fluminense neste domingo, diante do Bahia, às 17h, em Salvador, pela a última rodada do Campeonato Brasileiro.