icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
21/11/2014
11:17

Neste sábado, Gilbert Durinho 'esquece' um pouco o UFC e vai participar de um campeonato de jiu-jitsu. Com a ideia de aprimorar seu jogo de solo em união ao prazer de competir de quimono, o lutador vai integrar a Copa Pódio, em superluta contra Leandro Lo, em combate que não tem tempo e que só vale a finalização, em evento realizado no ginásio do Botafogo de Futebol e Regatas, no Rio de Janeiro. Em entrevista ao LANCE!Net, o atleta elogiou a competição.

- A Copa Pódio é um modelo bem mais atrativo, com luta de seis minutos e dá a chance do cara, se perder, ainda estar vivo no torneio. Acho que ela vende mais que um campeoanto de jiu-jitsu, que é enorme. Só tem convidades também, o nível é mais alto e só tem cara duro. Tem tudo para dar certo e acho que podiam seguir esse modelo e fazer o jiu-jitsu só crescer - disse ao L!Net.

Perguntado se o evento pode virar uma edição do Metamoris, competição de luta agarrada, brasileiro, Durinho afirmou que considera o campeonato mais interessante do que é realizado nos Estados Unidos, principalmente por ter diversas atrações, além das superlutas.

- Acho a Copa Pódio é até mais legal. O Metamoris são só cinco lutas. A Pódio tem o GP, que é bem legal e são de várias categorias, com uma briga bem acirada. Ainda tem Desafio de Cidade, Desafio Internacional e acho mais legal de companhar. O Metamoris tem grandes lutas, ele sabem casar bem as lutas e contam com grandes nomes, mas prefiro assistir a Pódio - afirmou.

Durinho veste o quimono para participar da Copa Pódio (FOTO: Divulgação)

Durinho e Lo já se enfrentam em três ocasiões e o lutador do Ultimate levou a melhor em todas. Sobre mais um confronto, o faixa-preta de jiu-jitsu brincou com o retrospecto favorável, mas sabe que terá uma tarefa dura pela frente e elogiou seu adversário.

- Se conseguir 4 a 0 vira goleada né?! (risos). Mas o Lo é um cara bem duro, já que vem ganhando tudo de quimono. Eu o venci por três vezes e achei justo dar essa revanche. Vai ser um lutão, de nível técnico alto. Acredito em um duelo pau a pau e vão ser dois leões famintos doidos para partir para cima. Não vai ter amarração e venho para finalizar - completou.