icons.title signature.placeholder Gabriel Rodriguez
28/11/2013
15:24

Perto de deixar o clube, restando apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, Marlone pôde sentir de perto o carinho da torcida vascaína. Durante o treino da manhã desta quinta-feira, o apoiador foi o mais assediado e ouviu vários gritos de "fica".

Já na parte final do treino, um grupo começou a cantar "ôôôôô, fica Marlone". Pouco depois, o jogador foi até o portão que dá acesso à arquibancada para tirar fotos e distribuir autógrafos. Neste momento, voltou a ouvir apelos dos vascaínos.

Outros jogadores, como Thalles e Abuda, também atenderam aos torcedores, mas Marlone foi o mais assediado.

Apesar de a diretoria não falar abertamente, Marlone está com os dias contados no clube. O provável destino é o Cruzeiro, que vai contar com auxílio de um grupo de investimentos para pagar o valor da multa contratual (pouco menos de R$ 6 milhões).

Como mostrado pelo LANCE!Net, na semana passada, o São Paulo fez contatos diretamente com a diretoria do Vasco para tentar contratar Marlone, mas, a princípio, a negociação não caminhou devido ao estágio avançado do acerto com o Cruzeiro, com assinatura de pré-contrato com multa e tudo.

Santos, Corinthians e Internacional também chegaram a demonstrar interesse na contratação do apoiador vascaíno, mas sem muitos avanços.

O Vasco, por sua vez, ainda tentou segurar a joia, oferecendo um reajusta contratual com salário de R$ 70 mil, além de ceder uma parte dos direitos ao empresário dele.