icons.title signature.placeholder Caio Carrieri e Thiago Ferri
29/03/2014
10:06

Para muitos palmeirenses, a escalação ideal do Palmeiras tem o quarteto de frente, formado por Bruno César, Valdivia, Leandro e Alan Kardec. Depois da classificação do Verdão à semifinal sobre o Bragantino, porém, os volantes Marcelo Oliveira e Wesley fizeram este grupo tornar-se um sexteto.

Contra o Santos, os quatro atuaram e o time foi pesado, com dificuldades para criar, quando Eguren foi primeiro volante, e Marcelo Oliveira, o segundo homem no meio.

Na quinta, o camisa 26 ficou na vaga do uruguaio, e Wesley entrou para dar nova característica ao time, muito mais rápido e com melhor transição para o ataque. A dupla foi muito elogiada após o jogo pelo técnico Gilson Kleina.

– O Marcelo é superversátil, rápido, antecipa e não foge do pau. Na dividida, vibra muito. Tem limitações técnicas e entende isso, mas sobressai pela gana – analisou.

– E o adversário não esperava que o Wesley caísse pelos lados. Eles achavam que viria por dentro, e isso mexeu com o esquema do Bragantino. Na hora da marcação, ele vinha na diagonal da bola. Para mim, procurou fazer as jogadas mais perigosas – acrescentou.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Massa Bruta, o camisa 11 foi o segundo com mais posse de bola, e quem mais acertou passes – Marcelo Oliveira foi o terceiro neste quesito.

Prass enaltece método de trabalho de Gilson Kleina

Foi o primeiro jogo em que Gilson Kleina conseguiu usar os seis juntos, pois Wesley ficou fora por quatro partidas graças a uma lesão na coxa direita. Além da mobilidade, o time não passou grandes sustos em sua defesa, também.

– A gente sabe da capacidade do Wesley, um excelente jogador e isso nos dá mais tranquilidade. A bola chega com mais qualidade também – analisou Bruno César.

Com o respaldo da dupla de volantes, o camisa 30 jogou pela direita, e deu bons passes, além de acertar um chute perigoso, Valdivia ditou o ritmo da equipe, especialmente no segundo tempo, enquanto Alan Kardec foi mais uma vez competente. Leandro foi o mais apagado. Nada, porém, que atrapalhasse a boa estreia do novo sexteto.