icons.title signature.placeholder Gabriel Cassar
19/02/2015
18:19

Bruno Soares, ao lado do austríaco Alexander Peya, está nas semifinais de duplas masculinas do Aberto do Rio. Jogando de maneira segura, a dupla conseguiu vencer o argentino Diego Schwartzmann e o italiano Paolo Lorenzi por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/1. Vale lembrar que, no feminino, a dupla formada por Bia Maia e Teliana Pereira também avançou às semifinais.

No primeiro set, as duplas começaram bem regulares, não permitindo muitas brechas nos serviços. No sétimo game, Bruno e Peya foram quebrados e o brasileiro se irritou, jogando a raquete no chão. O momento de explosão do tenista, no entanto, não impediu que a quebra fosse devolvida logo no game seguinte: 4 a 4.

No 6/5, Soares e Peya elevaram seu nível de tênis e conseguiram, após um 40/40, quebrar o saque dos adversários, fechando o primeiro set em 7/5.

Instável na estreia da competição, o tênis de Bruno Soares veio melhorando desde então. No segundo set, o brasileiro mostrou estar totalmente em forma, sendo crucial para a quebra, logo no 1º game, do serviço da dupla estrangeira. Com muita confiança, Peya e Soares confirmaram o serviço na sequência e conseguiram impedir a confirmação do saque adversário mais uma vez, abrindo 3 a 0.

A emoção voltou a tomar conta do jogo no 5º game. Sacando mal, Peya acabou prejudicando a dupla do brasileiro, deixando os adversários com um 0/40. O austríaco, então, resolveu soltar o braço, salvando os três break points e levando o game, de maneira espetacular.

- O legal do tênis é esse: quase toda semana você tem uma nova chance. Queria agradecer a galera, que torceu o tempo todo. Estou feliz demais jogando aqui no Rio e espero que o André e o Feijão passem, para garantirmos pelo menos uma vaga brasileira na final - afirmou Soares que, ao lado de Peya, no Brasil Open de São Paulo, havia sido eliminado justamente para a dupla formada por Lorenzi e Schwartzmann

Com a confiança recuperada, Bruno e Peya quebraram mais uma vez o saque dos adversários e fecharam o set na sequência (6/1). Nas semifinais, o brasileiro e o austríaco podem ter pela frente a dupla Feijão/André Sá, que lutam pela classificação na noite desta quinta-feira.