icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2014
12:14


Aos 17 anos, o atacante Malcom é o único jogador revelado nas categorias de base do Corinthians que tem chance de treinar diariamente, inclusive nos coletivos, com o restante dos companheiros mais experientes. Enquanto Pedro Henrique, Zé Paulo, Guilherme Arana fazem trabalhos separados quando o técnico Mano Menezes separa dois times de 11, Malcom é parceiro de ataque do paraguaio Ángel Romero, um dos últimos contratados pela diretoria alvinegra.

- A qualidade dele é aproximar muito bem e dar muita linha de passe. Ele é um grande jogador, espero dar certo com ele - explicou o garoto logo após o treino desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava.

Malcom faz dupla com Romero no time reserva porque Romarinho não vem participando dos trabalhos por conta de dores no pé direito. Assim, Luciano tomou a vaga do camisa 31 no time principal e deu espaço para o jovem de 17 anos entre os suplentes. A realidade deve mudar nos próximos dias, já que Romarinho está recuperado. Até lá, no entanto, o garoto poderá seguir treinando ao lado de seus ídolos, como Jadson, Guerrero, Cássio e o recém-chegado Elias.

- Ele (Elias) é um grande jogador, nível de Seleção Brasileira e Europa também. É um privilégio jogar e treinar junto com ele, que passa experiência para os jovens, confiança, fala como tem que fazer - disse Malcom, que tinha apenas 11 anos quando Elias vestiu a camisa do Corinthians pela primeira vez, na temporada 2008.

Promovido após o vice-campeonato da Copa São Paulo de Juniores em 2014, Malcom já entrou em campo três vezes pelo profissional no primeiro semeste.