icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/06/2014
20:37

Depois de reencontrar o caminho da vitória no jogo contra o Bahia, na última quinta-feira, o Santos recebeu o Criciúma no estádio 1º de Maio, em São Bernardo, e venceu sua primeira partida como mandante neste Brasileirão. O time fez 2 a 0 nos catarinenses, conquistando assim o terceiro triunfo no torneio e o terceiro pelo mesmo placar. 

Os dois gols da equipe alvinegra foram marcados por atletas formados na base santista: Gabriel e Diego Cardoso. O primeiro, assim, tornou-se artilheiro isolado do Peixe na competição com três gols. 

Novamente com um time repleto de meninos e contando com boas atuações de Arouca e Gabriel, que jogou em sua cidade natal pela primeira vez, a equipe santista foi melhor desde o ínicio e começou tomando conta do jogo.

Sem conseguir converter o domínio em boas chances, o Santos precisou de um vacilo do Criciúma para abrir o marcador. Rodrigo Souza saiu jogando mal e perdeu a bola para Arouca, que rapidamente acionou Gabriel. O atacante bateu forte, sem chance para Luiz e iniciou os trabalhos.

Com o gol, a partida ganhou em mobilidade e não demorou para o Peixe chegar ao segundo tento. Arouca roubou nova bola, tocou rápido para Gabriel, o atacante deu lindo passe para Diego Cardoso, que finalizou com categoria, na saída de Luiz.

Em desvantagem no marcador, o Criciúma até tentou, chegou a ter mais a posse de bola, mas com o veterano Paulo Baier apagado e o Santos bem postado, a equipe de Santa Catarina pouco fez no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo perdeu em emoção. E se resumiu ao Criciúma melhor com mais posse de bola, mas sem conseguir converter esse domínio em boas chances, contra um Santos bem postado, preocupado em administrar o resultado.

O Criciúma até melhorou com as entradas de Maurinho e Giovanni, nos lugares de Ricardinho e Paulo Baier, mas nada capaz de tirar a tranquilidade e o triunfo do Santos.

Com o resultado, o time da Vila Belmiro confirmou sua ascenção no campeonato, chegou aos 14 pontos, assumiu a nona colocação e deu um pouco de paz para o treinador Oswaldo de Oliveira, que começava a ver seu trabalho ser questionado.

As equipes só voltarão a campo após a Copa do Mundo. No dia 16 de julho o Peixe recebe o Palmeiras, em clássico regional. O local da partida ainda não está definido, mas deve ser a Vila Belmiro. Já o Tigre receberá o Fluminense no Heriberto Hulse no mesmo dia. 

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 0 CRICIÚMA

Data e horário: 1/6/2014, às 18h30
Local: Primeiro de maio, São Bernardo (SP)
Árbitro: Paulo Vollkopf (CBF/MS)
Assistentes: Bruno Boschilia (CBF/PR) e Leandro Ruberdo (CBF/MS)
Público e Renda: 5.136 pagantes / R$ 74.100,00
Cartões Amarelos: Cicinho (SAN); Rodrigo Souza, Escudero, João Vitor, Lucca (CRI)

GOLS: Gabriel, aos 10'/1ºT (1-0) e Diego Cardoso, aos 17'/1ºT (2-0)

SANTOS: Aranha; Cicinho, David Braz, Jubal e Zé Carlos; Arouca, Renato (Leandrinho, 43'/2ºT) e Lucas Lima; Jorge Eduardo, Diego Cardoso (Geuvânio, 10'/2ºT) e Gabriel (Giva, 26'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira

CRICIÚMA: Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez; Serginho, Rodrigo Souza, João Vitor (Wellington Bruno, 30'/2ºT), Paulo Baier (Giovanni, 25'/2ºT) e Ricardinho (Maurinho, 13'/2ºT); Lucca. Técnico: Wagner Lopes.