icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
13/11/2013
13:02

Mesmo sem ser escalado como titular do Corinthians há seis partidas, o meia Danilo atuou mais vezes no Brasileirão do que Alex, seu rival no duelo de maestros desta quarta-feira, às 21h50, no estádio Couto Pereira. Com 24 jogos disputados, um a menos que o corintiano, o camisa 10 do Coritiba dá mais assistências e lançamentos, acerta mais cruzamentos, finaliza mais e marca mais gols.

Segundo o Footstats, há apenas dois quesitos em que Danilo consegue superar Alex. O primeiro é o tempo com a bola no pé durante as partidas, e o outro o número de passes feitos: 769 a 693. O índice de passes errados do corintiano, entretanto, tem média de cinco por jogo, ao passo que o coxa-branca falha apenas três vezes. A média de passes certos é a mesma: 25,9 por jogo.

- Ele é um grande jogador, dispensa comentários. É inteligente e tem uma bola parada muito boa. Mas não temos que ir para lá pensando nisso e temos a missão de ganhar. Não vai ser fácil, mas o Alex é mais um jogador com quem temos que ter cuidado. Vai ser um jogo disputado, aberto. Eles precisam da vitória, mas esperamos sair felizes de lá - afirmou Danilo quando questionado sobre o duelo particular com Alex nesta quinta-feira.

O Coritiba está em 13º, uma posição abaixo do Corinthians na tabela do Brasileirão, mas com quatro pontos a menos, e ainda brigando contra o rebaixamento, já que o Criciúma abre a degola com 36. Sem chances matemáticas de cair, o Timão ainda tem esperança na classificação para a Libertadores de 2014, apesar de depender de uma série de fatores para que isso aconteça.

- No futebol tudo pode acontecer. Não adiante negar isso. Tem que pensar a cada jogo, são cinco decisões. Vamos dar o máximo para vencer e quem sabe sonhar com algo - argumentou o camisa 20.