icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/03/2014
23:52

Foi no primeiro tempo. E até nem custou tão caro, já que o Grêmio se garantiu na próxima fase do Campeonato Gaúcho mesmo com o empate em 0 a 0 com o Cruzeiro-RS, na noite desta quarta-feira, no Vieirão. Mas o lance do duelo foi o gol perdido pelo atacante Dudu, sem goleiro, dentro da pequena área. O Tricolor ainda empilhou chances de abrir o placar, mas parou em Fábio, em noite inspirada.

O empate deixou o Grêmio com 22 pontos. Na teoria, poderia ser alcançado pelos rivais de chave - o quarto é o próprio Cruzeiro, com 17. Só que como os adversários se enfrentam entre eles na sequência do Gauchão, o Tricolor não poderia ser ultrapassado por quatro times e está garantido na próxima fase da competição.

PRÓXIMOS JOGOS
O Grêmio entra em campo já nesta sexta-feira, com uma equipe reserva, às 20h, contra o São Luiz, em Ijuí. Já o Cruzeiro atua no domingo, às 16h, contra o Caxias.

DUDU PERDE GOL À LA DEIVID
Uma série de lances curiosos marcaram o duelo. O mais relevante deles aos 26 minutos, quando Dudu, na pequena área, completou cruzamento de Luan e acertou o travessão, em jogada que parecia impossível de ocorrer. Foi o carro-chefe de outras.

E MAIS:
> Confira como foi Grêmio x Cruzeiro-RS, lance a lance
> Gremistas falam em chances desperdiçadas: 'Não foi justo'

Por exemplo, o próprio atacante foi tentar inversão de bola da esquerda para direita. Acertou as costas do colega Barcos. Ou o atacante Paulinho, que tentou finalização da meia esquerda e a bola saiu pela linha lateral, pela direita. No lance, o jogador do Cruzeiro ainda se machucou e deixou o jogo aos 20 minutos do primeiro tempo. Leandro, aos 4, quase marcou golaço que se encaixaria na lista de lances. Aparou cruzamento de voleio. Marcelo Grohe defendeu com o peito.

Outra curiosidade estava relacionada com as chuteiras de Paulinho. Um símbolo do Internacional bordado nos sapatos. A explicação veio no intervalo: os calçados eram um presente de Cassiano, ex-atacante do Inter, que atualmente está no Santa Cruz. Rhodolfo ainda completou a lista ao furar e cair estatelado no chão.

No que diz respeito ao futebol, o Grêmio chegou próximo do gol em outras oportunidades, além da chance perdida de Dudu. Wendell fez jogada individual e colocou na pequena área nos minutos finais da etapa inicial. Zé Roberto chegaria para concluir, mas Jeanderson tirou antes. Luan também arrematou da entrada da área e a bola ia na direção do gol não fosse o zagueiro Carlão. Fábio também salvou em desvio de Luan, após chute cruzado de Pará.

GRÊMIO PRESSIONA, MAS NÃO CONSEGUE GOL
A segunda etapa começou mais normal. Barcos, centroavante, voltou a finalizar. O camisa 9 dominou lançamento de Dudu no peito e arriscou forte, à direita de Fábio. Zé Roberto perdeu chance do bico da pequena área, aos 6, após cruzamento de Pará.

Ou seja: buscando classificação antecipada, o Grêmio partiu para o ataque. Mas manteve o aproveitamento baixo do primeiro tempo nas finalizações. Em uma espécie de duelo particular, Barcos finalizou três vezes e parou em todas no goleiro Fàbio. Alán Ruiz, que entrou na vaga de Edinho, ainda acertou a trave, aos 27.

Até o final da partida, o Grêmio seguiu tentando. Wendell, Barcos e Alán Ruiz, principalmente, comandaram as ações. Mas Fábio realmente parou o Grêmio e garantiu o ponto para o Estrelado.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO-RS 0 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Antônio Vieira Ramos (Vieirão), em Gravataí (RS)
Data-hora: 5/3/2014 – 22h
Árbitro: Daniel Bins (RS)
Auxiliares: José Silveira (RS) e Jorge Bernardi (RS)
Cartões amarelos: Edinho (GRE) Vanderson, Leandro, Klaydir (CRU)

Gols:

CRUZEIRO-RS: Fabio; Klaydir, Carlão, Leo Carioca e Jeanderson; Claudinho, Reinaldo, Vanderson e Alexandre (Julio Abu - 15'/2°T); Paulinho (Matheus - 21'/1°T) e Leandro Rodrigues – Técnico: Luis Antonio Zaluar.

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Rhodolfo, Werley e Wendell; Edinho (Alán Ruiz - 23'/2°T), Ramiro, Zé Roberto (Marco Antônio - 36'/2°T), Luan (Everaldo - 40'/2°T) e Dudu; Barcos – Técnico: Enderson Moreira.