icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2013
19:00

Ricardo Drubscky falou à imprensa através de nota oficial divulgada por seus assessores. O técnico foi demitido do Atlético-PR nesta segunda-feira, após o empate em 1 a 1 contra o Grêmio, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O comandante estava na equipe há um ano, e dirigiu o Furacão durante a campanha da Série B no ano passado, que garantiu ao clube a volta à elite do Brasileirão em 2013. Drubscky agradeceu aos torcedores, aos funcionários do clube e ao presidente Petraglia, que apostou em seu trabalho e "deu todo o suporte para formar o plantel que recolocou o Atlético nos campeonatos à altura da instituição".

- O Atlético foi um salto na minha carreira e uma grande oportunidade dentro do futebol, onde pude evoluir muito profissionalmente. Concluo essa etapa satisfeito por ter permanecido um tempo considerável à frente do cargo de técnico - 13 meses, o que é um recorde de permanência no clube nos últimos dez anos. - disse.

Drubscky declarou ter realizado o que foi imposto quando chegou ao Furacão

- Fico orgulhoso por ter cumprido a missão que me foi comissionada quando assumi o comando do Atlético, que foi o retorno à elite do Brasileirão, grande ambição de todos no clube e também da torcida, que queria ver o clube de volta ao seu lugar de direito por sua tradição e grandeza. Saímos da décima primeira colocação para terminar a Série B entre os quatro melhores classificados. Além disso, destaco o fato de termos apresentado um futebol vistoso, valorizando um bom toque de bola e buscando sempre o jogo ofensivo com eficiência. - completou o ex-treinador do Rubro-Negro.

O Atlético enfrenta o arquirrival Coritiba, no Couto Pereira, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo, às21h. O Furacão está na vice-lanterna da competição e precisa de uma vitória para se afastar da zona de rebaixamento. A diretoria do clube ainda não revelou se haverá um substituto para Drubscky, ou se um treinador interino comandará a equipe no Atletiba.

Ricardo Drubscky falou à imprensa através de nota oficial divulgada por seus assessores. O técnico foi demitido do Atlético-PR nesta segunda-feira, após o empate em 1 a 1 contra o Grêmio, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O comandante estava na equipe há um ano, e dirigiu o Furacão durante a campanha da Série B no ano passado, que garantiu ao clube a volta à elite do Brasileirão em 2013. Drubscky agradeceu aos torcedores, aos funcionários do clube e ao presidente Petraglia, que apostou em seu trabalho e "deu todo o suporte para formar o plantel que recolocou o Atlético nos campeonatos à altura da instituição".

- O Atlético foi um salto na minha carreira e uma grande oportunidade dentro do futebol, onde pude evoluir muito profissionalmente. Concluo essa etapa satisfeito por ter permanecido um tempo considerável à frente do cargo de técnico - 13 meses, o que é um recorde de permanência no clube nos últimos dez anos. - disse.

Drubscky declarou ter realizado o que foi imposto quando chegou ao Furacão

- Fico orgulhoso por ter cumprido a missão que me foi comissionada quando assumi o comando do Atlético, que foi o retorno à elite do Brasileirão, grande ambição de todos no clube e também da torcida, que queria ver o clube de volta ao seu lugar de direito por sua tradição e grandeza. Saímos da décima primeira colocação para terminar a Série B entre os quatro melhores classificados. Além disso, destaco o fato de termos apresentado um futebol vistoso, valorizando um bom toque de bola e buscando sempre o jogo ofensivo com eficiência. - completou o ex-treinador do Rubro-Negro.

O Atlético enfrenta o arquirrival Coritiba, no Couto Pereira, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo, às21h. O Furacão está na vice-lanterna da competição e precisa de uma vitória para se afastar da zona de rebaixamento. A diretoria do clube ainda não revelou se haverá um substituto para Drubscky, ou se um treinador interino comandará a equipe no Atletiba.