icons.title signature.placeholder VINÍCIUS PERAZZINI
15/06/2014
08:32


Mesmo vindo de uma recente cirurgia na virilha e de dores no joelho direito, Didier Drogba mostrou contra o Japão que é decisivo. O atacante iniciou o duelo diante dos Samurais no banco, mas entrou aos 16 minutos do segundo tempo e foi fundamental na virada da Costa do Marfim por 2 a 1. Após a vitória, o técnico dos Elefantes, Sabri Lamouchi, rasgou elogios ao astro.

- O jogo estava difícil e a entrada do Drogba foi para reorganizar o time. Quando Didier entrou, tudo mudou. Ele teve uma participação muito importante, segurou a marcação de dois rivais. É muito bom quando você tem um jogador deste nível no time e no elenco - disse Lamouchi, também destacando o caráter do atacante:

- Falei para o Drogba que ele seria reserva um pouco antes de ir para o estádio. É claro que ele ficou frustrado por começar no banco, mas ver a alegria dele no final do jogo, comemorando com os companheiros, mostra quanto ele é um campeão.

E MAIS
> Com virada relâmpago, Costa do Marfim bate o Japão pelo Grupo C
> Após triunfo, técnico da Costa do Marfim diz: 'Bom para ganhar confiança'

Drogba tem 36 anos e está em sua terceira Copa do Mundo. Sabri Lamouchi sabe que é preciso ter um planejamento especial com o jogador.

- Colocar o Drogba no banco acontecer pelas condições dele e por estarégia nossa. Ele fez muitos sacrifícios para estar aqui - completou o técnico.