icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/03/2014
14:48

Maior jogador da história do Chelsea segundo votação conduzida pela revista oficial do clube, Didier Drogba voltará nesta terça-feira à sua casa durante nove anos, quando marcou seu nome entre as lendas do time londrino. Desta vez jogando pelo Galatasaray na busca por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões, o marfinense admitiu que não irá comemorar caso marque um gol em pleno Stamford Bridge.

 - Por todo o respeito que tenho pelo Chelsea e pelos torcedores, se eu marcar gols, não vou comemorar, mas se ganharmos e passarmos para as quartas de final, ficarei feliz - comentou Drogba, que ainda admitiu pensar em treinar o Chelsea. Mas não agora:

 - É óbvio que considero no futuro ser auxiliar e depois treinador no Chelsea. Mas ainda não quero isso agora. Ainda posso jogar e agora quero continuar como jogador.