icons.title signature.placeholder Gabriel Matturo
30/11/2013
21:54

Quis o destino que Alecsandro, ex-Vasco, empatasse o jogo diante do Fluminense no final da partida e, de quebra, ajudasse seu ex-clube na luta contra o rebaixamento. O camisa 19 do Atlético-MG começou no banco de reservas, mas, aos 33 minutos do segundo tempo, entrou no lugar de Michel para mudar o jogo e, dependendo dos resultados de domingo, o campeonato. Tardelli, em noite inspirada, abriu o placar para o Galo. Gum e Biro Biro viraram para o Flu, mas Alecgol deixou tudo igual e o 2 a 2 foi o placar final.

A pressão do Fluminense, desesperado para se distanciar da zona de rebaixamento, deu certo por um longo tempo, porém a zaga do Fluminense voltou a falhar e complicou a equipe que agora soma 43 pontos, um a mais que o Coritiba, que jogo no domingo diante do Botafogo, e dois na frente do Vasco, que recebe o Náutico, no Maracanã.



O início do jogo foi movimentado e de pura emoção. Diego Tardelli, que além de fazer uma partida acima da média vive uma grande fase, abriu o placar aos 21 minutos. Com o placar adverso, o Tricolor não poderia encontrar outra solução se não fosse fazer mais pressão. Assim, chegou ao gol de empate com Gum, aos 38, após uma bagunça na área do Atlético-MG.

Sabendo que se conquistasse os três pontos poderia até garantir a permanência na Série A com uma combinação de resultados, a torcida do Fluminense, que voltou a comparecer em grande número, incentivou, empurrou o time e comemorou muito quando Biro Biro recebeu um passe perfeito de Wágner e virou o jogo no início da segunda etapa.

GALERIA DE FOTOS
> Veja as imagens do empate do Fluminense com o Atlético-MG

E MAIS
> Complicou! Após jogo, torcedores tentam invadir vestiário do Flu
> Após empate, Dorival Júnior mantém otimismo na luta contra o Z4
> Série de problemas! Sem Digão e Valencia, Dorival tem semana difícil
> Médico do Atlético-MG comenta sobre situação de atletas substituídos
> Tardelli lamenta bola na trave, mas exalta bom jogo antes do Mundial

L!TV
> Leonardo Silva dá belo chute e quase faz gol de cobertura
> Quase gol! Veja a sequência de defesas do goleiro Victor no Maracanã
> Time de guerreiros! Dorival ainda acredita no Fluminense
> Com moral! Tardelli mostra muita habilidade no Maracanã

A noite se encaminhava rumo à felicidade para a equipe carioca, mas Alecsandro entrou e o desfecho do jogo não foi o desejado pela torcida tricolor. O empate colocou o Fluminense numa zona perigosa, afinal, se Coritiba e Vasco vencerem seus jogos no domingo, o Tricolor irá amargar a 18ª colocação, consequentemente, a entrada na zona de rebaixamento. E para continuar na elite do futebol nacional, precisará vencer o Bahia e torcer contra os seus rivais diretos

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2x2 ATLÉTICO-MG
 
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 29/11/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Gols: Diego Tardelli, 21'/1ºT (0-1); Gum 36'/1ºT (1-1); Biro Biro, 8'/2ºT (2-1); Alecsandro, 37'/2ºT (2-2)
Público/Renda: 38.779 pagantes, 44.699 presentes/ R$ 459.330,00
Cartões amarelos: Leandro Euzébio, Digão e Edinho (FLU); Luan e Leonardo Silva (CAM)
 
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Digão; Valencia (Edinho - 30'/1ºT), Jean, Rafinha (Marcelinho - 31'/2ºT) e Wágner (Felipe - 23'/2ºT); Biro Biro e Rafael Sobis. Técnico: Dorival Júnior.
 
ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha (Michel - 11'/1ºT) (Alecsandro 34'/2ºT), Leonardo Silva, Emerson e Lucas Cândido; Leandro Donizete, Pierre (Rosinei - 38'/1ºT), Fernandinho, Luan e Diego Tardelli; Jô. Técnico: Cuca..