icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
00:40

Além de acabar com o sonho de conquistar a Copa do Brasil, a eliminação para o Cruzeiro praticamente encerrou o ano do Santos. Oitavo colocado no Brasileiro, a oito pontos do G4, o Peixe tem chances remotas na competição nacional, fato reconhecido pelos próprios jogadores alvinegros. Porém, mesmo desclassificados, os jogadores alvinegros afirmaram que o time saiu de campo de cabeça erguida e exaltaram a entrega e dedicação de todos.

O zagueiro Edu Dracena agradeceu o apoio da torcida e também mostrou orgulho pela forma que o Peixe atuou.

- A gente queria dar essa vitória para eles (torcedores), o que fizeram não acontecia há tempos. Agradeço a todos, lutamos e saimos de cabeça erguida. Não alcançamos nosso objetivo e é muito difícil conseguir a vaga na Libertadores pelo Brasileiro. O que o time jogou e lutou fazia tempo que não acontecia. Procuramos honrar esse clube e torcida - comentou o capitão alvinegro.

Gabigol, autor do segundo gol santista, também agradeceu o apoio dos  torcedores, que lotaram a Vila Belmiro e fizeram linda festa antes e durante a partida.

- Conseguimos fazer os gols, mas vacilamos atrás. O time está de parabéns, jogou bem, o mais importante foi a torcida dar esse show, pena que no campo não deu - afirmou.

Fora da Copa do Brasil, o Santos tem clássico contra o Corinthians, domingo, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão.