icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Russel Dias
09/04/2014
06:02

O Doyen Sports, grupo de investimento com sede em Malta e que financiou as compras de Leandro Damião e Lucas Lima pelo Santos, pode “ajudar” o clube em mais uma operação: a aquisição dos direitos do atacante Giva, que tem contrato de empréstimo com o Peixe até o fim do ano. O Alvinegro detém 20% dos direitos econômicos do atleta, de 21 anos, e tem a opção de comprar mais 50% por valor estabelecido em contrato: R$ 2,3 milhões.

No entanto, o Doyen já tem um vínculo com Giva. Recentemente, o grupo adquiriu uma procuração do atleta. Assim, pode oferecê-lo e negociá-lo com clubes do Brasil e do exterior. Contudo, como é parceiro do Santos, o fundo tem preferência por mantê-lo no Peixe.

A negociação entre o clube de Vila Belmiro e os representantes do atleta vem se arrastando há tempos. No ano passado, a Teisa manifestou interesse em participar do negócio, mas não houve acordo financeiro. Até dezembro de 2013, os 50% dos direitos do jovem estavam fixados em R$ 1,7 milhões.

O Barcelona tem a preferência de compra de Giva, que estreou no ano contra o Mixto-MT, semana passada, pela Copa do Brasil.