icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
20:14

Pode-se dizer que a posição de zagueiro é uma das mais complicadas e arriscadas do futebol: uma única falha e tudo poderá ir por água abaixo. Na vitória do Vasco sobre a Ponte Preta, quarta-feira, pela Copa do Brasil, por pouco o zagueiro Rodrigo não comprometeu o resultado.

Isto porque, no momento em que o Vasco vencia por 1 a 0, o camisa 3 deu bobeira e acabou deixando a bola limpa para o atacante Cafú marcar o gol de empate dos visitantes.

Formando dupla de zaga pela primeira vez ao lado de Rodrigo no Vasco, Douglas Silva saiu em defesa do companheiro. De acordo com o camisa 35, uma falha como a da noite de quarta dificilmente acontecerá de novo.

– Foi uma fatalidade, vai acontecer uma a cada cem jogos. Não abalou e nem vai abalar a cabeça dele. Nós, que jogamos ali atrás, estamos propensos a esse tipo de risco – disse.

Douglas Silva, que vem a cada dia se firmando como titular e é um dos homens de confiança de Adilson Batista na equipe, fez questão de exaltar as qualidades de Rodrigo. Ele lembrou que o defensor, além de ser um dos mais experientes do elenco, exerce o papel de líder dentro de campo.

– Rodrigo é um excelente zagueiro, tem vasta experiência no futebol. Ele nos passa muita tranquilidade, é um líder. A falha é irrelevante se tratando de alguém experiente e tão importante – ressaltou Douglas Silva.