icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/04/2014
13:25

Na última temporada, Borussia Dortmund e Real Madrid se enfrentaram nas semifinais da Liga dos Campeões, com os alemães levando a melhor. Nesta terça-feira, os dois times voltam a se enfrentar, desta vez com uma vaga entre os quatro melhores times europeus na linha, e com vantagem parcial dos espanhóis. No entanto, um antigo carrasco dos Merengues pode acabar com a festa do time de Cristiano Ronaldo.

Ausente do primeiro jogo (vencido pelo Real por 3 a 0), Robert Lewandowski volta de suspensão ao time aurinegro para tentar o milagre da classificação no que pode ser sua última partida internacional pelo Borussia. De saída para o arquirrival Bayern de Munique, o polonês precisa de uma atuação como a de um ano atrás, quando marcou quatro gols e acabou com o Madrid.

Caso repita a façanha e o Dortmund não sofra gols, Lewa ajudará o time a conseguir uma classificação já dada como perdida. Desde que anunciou que iria deixar o Borussia e se transferir para Munique, o polonês não tem tido paz da torcida, que o persegue sempre que pode. Um novo "pôquer" (quatro gols numa mesma partida) pode ajudar Lewa a sair com um pouco de honra do time que o colocou no centro do futebol europeu. Mesmo assim, o jogador não cria expectativas:

 - Seria louco se pensasse que poderia marcar quatro gols novamente. No ano passado, tínhamos um outro time. Agora estamos sofrendo com muitos problemas de lesões. Mas seguimos sendo perigosos, ainda mais jogando dentro da nossa casa. Temos muito potencial.