icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2013
23:11

O novo técnico do Fluminense Dorival Júnior comandou a sua primeira atividade no Tricolor na tarde desta terça-feira, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. Sob forte chuva, o treinador não se intimidou com os fortes pingos que aliviavam o calor que fazia na cidade do Rio de Janeiro durante todo o dia. Após o alongamento, o treinador reuniu os altetas, separou a equipe que faria o coletivo e parou o treino a todo momento para dar instruções.

Após cerca de uma hora e meia de treinamento, Dorival seguiu para a sala de coletiva improvisada no local para enfim falar como novo treinador do Tricolor. O discurso do técnico não podia ser muito diferente além de mostrar confiança. Se não fosse por isso, Dorival não teria topado assumir o Fluminense dentro da zona de rebaixamento e a apenas cinco rodadas para o fim do campeonato.

- É uma situação nova na minha carreira. Já passei em outros clubes, mas com mais jogos. Aceito a condição imposta pelo Fluminense conhecendo muito bem o momento vivido pelo clube, e sei que vou dar minha parcela de contribuição - disse o treinador para em seguida falar sobre o futuro.

- Não tem nenhuma garantia de permanência. Vim para esses cinco jogos, sem problema nenhum e nada me prende ao futuro aqui. É um momento importante do clube e para mim profissionalmente. Espero poder ajudar, estou acreditando e o Fluminense tem condições de inverter essa situação - afirmou o novo comandante tricolor.

A estreia de Dorival Junior será na próxima quinta-feira, contra o Náutico, às 21h, no Maracanã. Atualmente em 18º na tabela de classificação do Brasileirão, o Fluminense não vence há nove partidas e luta para encerrar o incômodo jejum que levou o clube a ser um dos principais candidatos ao rebaixamento na reta final de competição.