icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
20:12

Não bastasse os problemas para livrar o Fluminense do rebaixamento e em escalar o time para o duelo decisivo contra o Bahia, no domingo, às 17h, na Fonte Nova, o técnico Dorival Júnior ganhou mais um. O humorista Sérgio Mallandro disse que desfilaria de fio dental no Rio e em São Paulo caso o Flu, seu time do coração, termine o Brasileirão rebaixado.

- Espero não precisar ver essa cena. Falem para ele comprar um calção, porque se Deus quiser nós vamos sair dessa, sem a necessidade de provocar uma situação dessas. Seria uma exposição horrível e rídicula para o Sérgio. Vamos tentar ajudar ele – disse Dorival, em tom de brincadeira.

Sobre o time que vai entrar em campo no domingo, Dorival disse que tem apenas uma dúvida para escalar o time: Rafinha ou Kenedy. No trabalho tático realizado nesta quinta-feira, o volante foi poupado e o atacante o substituiu. Caso seja liberado pelo departamento médico, Rafinha voltará ao time:

- Acredito que sim. Estamos na expectativa do departamento médico, esperar a situação do Rafinha, mas estamos prontos para o que pode acontecer e a equipe vai buscar um grande resultado.

Se mantiver a equipe que participou do trabalho tático nesta quinta-feira, o Fluminense vai entrar em campo com Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Wellington Silva; Edinho, Jean e Wágner; Biro Biro, Kenedy e Rafael Sobis.

Se Fluminense cair, Sérgio Mallandro promete usar fio dental