icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
12:10

Punido após tirar uma foto ao lado de Vágner Love numa possível comemoração do título do Flamengo na Copa do Brasil, Wellington Silva nem sequer entrou em campo com o elenco para o último treinamento do Fluminense antes do jogo diante do Atlético-MG, que acontece neste sábado, às 19h30, no Maracanã, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Dorival Júnior, técnico do Tricolor, lamentou o ocorrido, mas fez coro junto a direção e comissão técnica do clube ao punir o atleta e reafirmou que o a situação ganhou proporções maiores devido ao momento complicado em que vive a equipe que ainda luta para não ser rebaixada.

- É uma situação muito delicada e de difícil análise. O próprio jogador ficou bastante abalado com tudo isso e merece um cuidado especial sobre o ocorrido. A definição foi a ideal entre toda a comissão e diretoria e o caminho tomado foi o correto, ainda mais por estarmos vivendo um jogo chave para a história do clube - disse o técnico.

Outra dúvida da torcida tricolor também foi tirada por Dorival Júnior. Apesar de preocupado com a situação de Diego Cavalieri, que treinou com dores no polegar direito, onde tem um corte, o técnico mantém a esperança de contar com o camisa 12 na partida de sábado.

- A esperança que ele jogue é total. Não tenho duvidas que isso vai acontecer. Ele teve uma dificuldade inicial, depois fez uma proteção e treinou normalmente. Mas até amanhã ele estará bem para o jogo, apesar da dor que é normal também - falou Dorival que complementou demonstrando confiança nos dois goleiros reservas, Kléver e Felipe Garcia:

- O Felipe esteve comigo no Santos e é muito bom goleiro. O Kléver é um menino que sempre entrou bem, inclusive contra o Vasco, quando eu estava por lá - concluiu.

O Fluminense está na 16ª colocação, com 42 pontos, e terá o Atlético-MG, no Maracanã, e o Bahia, em Salvador, como adversários na reta final do Campeonato Brasileiro.