icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
08:29

Com Felipe Menezes em campo na armação, o Palmeiras vem de duas derrotas seguidas no Brasileirão: contra São Paulo e Sport, esta na estreia do Allianz Parque. Na vaga de Valdivia, o camisa 18 não conseguiu criar e saiu muito vaiado no primeiro jogo da arena. Dorival Júnior admitiu que em seu elenco só há um grande jogador - o Mago - e agora precisa trabalhar para buscar opções sem ele.

- Todos vimos e é uma realidade: com o Valdivia a equipe é outra. Temos que entender desta maneira, porque ele é um craque, e todo craque faz a diferença. O Palmeiras tem um grande jogador, que faz a diferença e muita falta. Temos que encontrar um caminho, uma forma de voltar a ter vitórias mesmo sem ele, porque isto fatalmente acontecerá. Teremos de buscar soluções - falou o treinador.

No Allianz Parque, durante diversas vezes contra o Sport o Palmeiras tinha a posse de bola, mas rodava na intermediária, sem capacidade para infiltrar na área do time rubro-negro. Para o comandante alviverde, a falta de criação é uma característica do grupo sem seu camisa 10.

- O jogador mais agudo que temos é o Valdivia. Ele faz muita falta. A equipe tinha um comportamento equilibrado, mas não criamos o suficiente. Depois do primeiro gol do Sport nos perdemos totalmente, o que é natural, e então o jogo ficou todo favorável para o Sport - completou.

A busca por opções além do Mago terá de começar logo nesta quinta-feira, quando o time se reapresenta às 16h, na Academia de Futebol. Isto porque o meia, com um edema na coxa esquerda, tem poucas chances de jogar contra o Coritiba, no domingo.