icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/02/2015
17:12

Com pouco mais de um mês em São Januário, o técnico Doriva já começa a conhecer como é trabalhar no Vasco com o presidente Eurico Miranda. Segundo o treinador, a relação com o mandatário está sendo muito boa neste início de temporada e ele está tendo liberdade, apesar das "poucas interferências" de Eurico.

- O entrosamento tem sido muito bom. Ele tem me dado liberdade e, muito pelo contrário do que as pessoas pensam, tem interferido muito pouco. Deixou claro que quer recuperar a identidade do Vasco. Já na primeira partida do Carioca tivemos um time ofensivo e que marca no ataque, depois sofremos um pouco em casa e, ontem, impusemos um ritmo forte para manter o time na frente. Sabemos que não é fácil e estamos inserindo essa mentalidade nos atletas. Quando marca forte você se expõe, então tem que estar precavido. A ideia é ter o time na frente e a minha maneira de enxergar é jogar no campo ofensivo e praticar pressão para, em caso de perda da bola, já recuperar no campo ofensivo - disse, ao Arena SporTV.

Até agora, Doriva comandou o Cruz-Maltino em cinco jogos oficiais, sendo três pelo Campeonato Carioca e dois pelo Torneio Super Series, em Manaus. O desempenho é de duas vitórias, um empate e duas derrotas. Para ele, a oscilação neste início de trabalho é normal.

 - Todo trabalho requer tempo. Sabemos que neste início vai ter uma oscilação natural. Mas o mais importante é que a equipe tem consciência disso e tem amadurecido. O amadurecimento rápido é importante, temos bons jogos pela frente, o primeiro clássico na semana que vem. Então temos que nos preparar bem - disse, também ao SporTV.

No Campeonato Carioca, o Vasco está na quarta colocação, com sete pontos em três jogos disputados. O próximo jogo é nesta quinta-feira, contra o Macaé, às 19h30, em São Januário.