icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
08/02/2015
20:09

O dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz, acredita que a Mercedes vai dominar a Fórmula 1, novamente, nesta temporada com base nas indicações obtidas no primeiro teste de inverno, em Jerez de la Frontera, na Espanha. Embora os pilotos da Ferrari tenham feito as voltas mais rápidas durante os dias de abertura do circuito de F1 em 2015, a Mercedes alcançou confortavelmente o topo do gráfico de quilometragem.

Mateschitz passou um dia no teste em Jerez e teve encontros com os seus pilotos e com os líderes das equipes  de Red Bull e Toro Rosso.

- A Mercedes ainda está na frente e parece que não haverá qualquer mudança nessa dominação - ele disse.

E MAIS:
> Confira como foram os testes na pré-temporada da Stock Car
> Ingo Hoffmann vai voltar às pistas na primeira etapa da Stock Car

A semana de testes da Red Bull em Jerez teve problemas com o que a Renault descreveu como "uma parte estúpida" no motor limitando a quilometragem. Antes do lançamento da equipe para 2015, o chefe de design da Red Bull, Adrian Newey, previu que o melhor que o time poderia esperar para este ano é se aproximar  da Mercedes, já que superá-la seria impossível devido à diferença na potência entre os dois motores.

- Se a Renault puder reduzir a diferença para a Mercedes em 40 ou 50 hp, então poderemos desafiá-los, desde que tenhamos um bom carro. Reduzir a lacuna já seria um sucesso - disse Mateschitz.

Mateschitz também afirmou que aposta nos pilotos jovens Carlos Sains Jr e Max Verstappen, da Toro Rosso.

- A Toro Rosso é uma escola para novos talentos. E creio que conseguirá obter o quinto lugar no ranking de construtores - disse.

Os próximos testes da F1 serão de 19 a 22 de fevereiro; e depois, de 26 de fevereiro a 1º de março, em Barcelona.