icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2014
11:45

Apesar de não ter sido muito requisitado na partida contra o Lanús, na última quarta-feira, o goleiro Victor mostrou serviço nos momentos em que foi exigido no estádio La Fortaleza. Já nos acréscimos da partida, o camisa 1 evitou o empate dos argentinos ao espalmar a boa finalização do lateral Araújo.

– Ele pegou bem na bola, o chute ganhou força com a distância e entraria no ângulo. Mas estava acompanhando o lance desde o início, cheguei a tempo de dar o tapa por cima. Foi bom voltar ajudando a equipe, ainda mais em uma final internacional. Agora temos que manter a seriedade, sem acomodação, para garantimos este título ao lado do torcedor – disse o goleiro.

Pelo Atlético-MG, Victor não atuava desde o dia 18 de maio, em partida contra o Santos. De lá pra cá, o arqueiro esteve na seleção, onde também não atuaou na Copa do Mundo pelo Brasil, o que contribuiu para que o goleiro, mesmo em boa fase, sentisse a falta de ritmo emseu retorno aos gramados.

MAIS:
> Levir minimiza substituição de R10 e craque evita entrar em polêmica
> Réver e Fillipe Soutto sãoliberados do departamento médico do Galo

- Normal sentir falta de ritmo, até porque são dois meses sem jogar, e de repente, já pega uma decisão pela frente. Isso acaba pesando um pouco. Mas procurei jogar de forma simples e não fiz nada além do que estou acostumado, para ganhar confiança. Agora são jogos no meio e no fim de semana e o ritmo vai ser retomado o quanto antes – completou.

Neste sábado, mesmo que o técnico Levir Culpi escale parte do time atleticano com reservas para a partida contra o Bahia, Victor deve continuar na meta alvinegra, justamente para recuperar o ritmo de jogo. A partida contra o tricolor baiano acontecerá no Independência, às 18h30.